fbpx
Coisas do mundo realPNL em prática

Do estado actual ao desejado

Partilha em
RSS21k
Follow by Email8m
Facebook0
Twitter6k
YouTube2k
Pinterest4k
LinkedIn10k
Instagram8k

Há uma fórmula que explica (quase) tudo sobre as nossas acções e atitudes.

ED=EA+R-I

Não acreditas?
Fazes bem em não acreditar numa asserção tão redutora!

Mas…vendo bem, pensa outra vez. Não estamos sempre num certo estado psicossomático, numa certa posição na vida e numa certa configuração energética e emocional? Esse é o Estado Actual (EA).
Sinceramente, estás satisfeita/o com essa forma de estar? Sempre?
E não é verdade que estás tu, como eu e toda a gente, à procura de algo mais? Este algo mais está no Estado Desejado (ED).
O que precisamos de fazer para atingir o ED? Normalmente, fazemos alguma coisa tal como uma actividade (férias, evento formativo, ir a um concerto, etc) ou adquirimos algo (como roupa, um livro, um carro novo, etc).
Vamos concentrar-nos naquilo que está sob controlo imediato: recursos interiores. Na PNL, acreditamos que as pessoas têm todos o recursos de que precisam. O que pode suceder é não estarem activos. Falamos de recursos como entusiasmo, confiança, segurança, auto estima, tranquilidade, etc.
Bem entendido, muitos de nós investem em recursos externos (o tal carro, por exemplo) esperando, através dele, atingir um estado de satisfação estável. Raramente isso acontece, pelo que passado pouco tempo regressamos ao estado de insatisfação anterior.

Se acreditamos que todas temos os recursos de que precisamos, por que motivo não os sentimos? Além de precisarmos de ajuda externa que nos reconecte com aquilo que é nosso mas está inacessível, há a questão dos impedimentos, o ‘I’ da fórmula que apresentei.

Impedimentos são como pau ou a areia na engrenagem, que precisa de ser removida para que o motor volte a funcionar.
Na PNL até usamos um termo mais forte para esta situação- ‘Incongruências’.
As incongruências não permitem que sejamos inteiros e completos, que manifestemos o nosso verdadeiro potencial e atinjamos os objectivos mais importantes na nossa vida pessoal ou profissional.

O que são as Incongruências?

  • Algo que não nos permite permanecer num ESTADO de inteireza e plenitude
  • Algo que não permite que manifestemos o nosso POTENCIAL
  • Algo que dispersa, desgasta ou diminui a nossa ENERGIA

Resumindo, incongruências são:

  • Obstáculos à Activação de Recursos
  • Contradições Internas
  • Dissipadores de Energia

Qual é a origem e forma das Incongruências?

  1. Estratégias e padrões deficientes.
  2. Conflitos identitários- partes.
  3. Crenças limitadoras.
  4. Desalinhamento interno.
  5. Emoções aprisionadas no passado.

Remover impedimentos e ativar recursos são tarefas inter-relacionadas que podemos desenvolver autonomamente (com self-coaching, por exemplo) ou com o apoio de um coach (que use modelos e instrumentos da PNL, preferivelmente).
Sendo um trabalho inesgotável, a verdade é que os benefícios se irão acumulando. Afinal, também os nossos recursos são inesgotáveis!
Em algum momento da nossa vida sentimos aquela confiança que agora nos falta ou a auto estima de que carecemos. Para a PNL, trata-se de saber aceder a essa memória impressa no inconsciente, recuperar o estado correspondente e generalizá-lo para o presente.

Quanto às crenças limitadoras, podemos substituí-las por crenças actualizadas e capacitadoras. Outras fontes de incongruência têm abordagens específicas. Se não o soubermos fazer autonomamente, um coach com PNL poderá ser uma preciosa ajuda.

A ideia de fundo é particularizar e retirar o poder das informações negativa que nos têm prejudicado e generalizar e potenciar as experiências positivas que são o alicerce para o desenvolvimento e expressão do nosso potencial.

Boa activação de recursos a cominho do teu estado desejado!

2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Página facebook